SindGESTOR - Sindicato dos Gestores Governamentais de Goiás

Ir para página inicial

Comunicação

Notícias

Escritório de Projetos da Segplan divulga modo de funcionamento da Gerência

Gestoras Daiany, Ana Paula e Priscila, do Escritório de Projetos da Segplan  

 

Desde 2015 o Escritório de Gerenciamento de Projetos atua no monitoramento intensivo dos Projetos Prioritários da Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), de acordo com a estratégia da secretaria, além da disseminação da cultura de Gerenciamento de Projetos, com a implantação dos escritórios setoriais nos demais órgãos e entidades do governo. Neste fim de ano, o Escritório publicou no site da Segplan um relatório de atividades denominado “Utilização das melhores práticas em gerenciamento de projetos no estado de Goiás”

Entre as principais formas de atuação do Escritório estão prestar assessoria à alta administração; ser responsável pela gestão de resultados em projetos; estruturação do ambiente de projetos; e assessoria e capacitação para os gerentes de projetos.
Todo trabalho do Escritório de Projetos é focado nos seguintes princípios:
•    Utilização de melhores práticas em Gerenciamento de Projetos, flexíveis e escaláveis;

•    Gerenciamento orientado a valor — Benefícios entregues são a medida de progresso;

•    Visibilidade de resultados;

•    Remoção de impedimentos;

•    Pro-atividade;

•    Proximidade de todo o time, com verificação e validação frequentes;

•    Planejamento em ondas sucessivas, entregas programadas em iterações;

•    Entregas rápidas e incrementais;

•    Ciclos de vida adaptativos;

•    Entregas que geram valor;

A necessidade de criação do Escritório de Projetos é resultado de um conjunto de ações que foram implantadas e serviram de base e laboratório para experiências inovadoras e com resultados positivos para a administração pública. 

Segundo o documento formatado pelo escritório, em janeiro de 2011, a Gerência do Escritório de Projetos (Gepes), da Superintendência Central de Planejamento (Sucep), da Segplan, surgiu de um Plano de Governo com foco em gestão por resultados. 

“Com este cenário, em maio de 2011, iniciou-se a elaboração da Metodologia de Gerenciamento dos Projetos Estruturantes, e até janeiro de 2012 ocorreu a definição dos programas integrantes da Carteira de Projetos Estruturantes”, diz o guia. O objetivo era impulsionar o desenvolvimento em diversos setores, proporcionando forte impacto econômico e social. A partir dessa carteira, foram elaborados os desenhos de escopo com base na metodologia definida naquele momento
Neste novo cenário, o Escritório de Projetos ficou responsável pela elaboração e monitoramento intensivo dos projetos. Foram elaborados os Planos de Ação dos Projetos (PAP) e os mesmos foram cadastrados na ferramenta EPM (Enterprise Project Management), definida para registrar todas as informações dos projetos. 

 

Guia de Melhores Práticas
O Guia de Melhores Práticas, divulgado pelo Escritório de Gerenciamento de Projetos, traz em suas páginas a história do departamento, a forma como seus profissionais e o conjunto atuam, os princípios adotados citados acima e um resumo do quanto e por que o Escritório de Projetos é útil ao estado. 

Nele, também é explicado o processo de criação de Equipe Setoriais (células), chamadas no âmbito de atuação de Escritórios de Projetos Setoriais, que se caracterizam por Escritórios de Projetos implementados em órgãos finalísticos do estado, paralelamente à existência do Escritório Central, bem como os benefícios da utilização do Gerenciamento de Projetos, além, lógico, do resultados alcançados no âmbito da administração pública em Goiás.

 

Equipe

A equipe do Escritório de Projetos  é composta pelo superintendente Central de Planejamento, Gustavo Dias de Pina Adorno, a gerente Ana Paula Ferreira Coan (gestora de Finanças e Controle) e equipe técnica, Daiany Oliveira Santos e Priscila Tenuta Meira (gestoras de Tecnologia da Informação).

Data : 21/12/2018